fbpx

O primeiro passo para ser “dono do próprio nariz”

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Quase todos os dias, pessoalmente ou online, eu recebo uma mesma pergunta: se você pudesse dar uma dica para quem quer deixar de ser funcionário e empreender, assim como você fez, qual seria?

Entendo a curiosidade, já que muita gente está insatisfeita no trabalho e gostaria de criar suas próprias iniciativas.

Foi esse o movimento de carreira que fiz. Deixei uma carreira bem-sucedida em uma grande empresa para começar o LabFazedores.

Acredite em mim, não tem sido nada fácil. Por outro lado, cada passo da jornada tem valido à pena.

Minha resposta para a pergunta do primeiro parágrafo é sempre a mesma e nem sempre empolga quem perguntou: 

VOCÊ PRECISA APRENDER A VENDER.

Esta é, sem dúvida, a primeira e principal habilidade que qualquer pessoa que deseja empreender tem que desenvolver.

O desconforto vem por três razões principais:

1. A conclusão de que aprender a vender vai dar trabalho, vai tirar a pessoa de sua zona de conforto, será um processo, e levará tempo. As pessoas normalmente querem um “pulo do gato” que garanta o sucesso da noite para o dia. Ainda que todo adulto responsável saiba que isso não existe.

2. A falsa glamourização do empreendedorismo, que prega a ideia de que empreender é criar uma startup revolucionária e receber investimentos milionários. Afinal, seu negócio vai “mudar o mundo”. Ou então, da ideia que você venderá milhões pela internet sem investimento, sem interagir com clientes, fornecedores, parceiros de negócios, sem receber reclamações ou lidar com todo tipo de problemas inesperados todos os dias.

3. Por fim, da percepção errônea de que vendedores necessariamente são chatos, antiéticos, agressivos e meio vigaristas.

Atenção!

Quando seus serviços ou produtos resolvem o problema de alguém que buscava uma solução ou que estava perdido, você não está sendo chato. 

Você está sendo útil.

Empresas sustentáveis apoiam seu crescimento na receita gerada por seus clientes satisfeitos.

Profissionais autônomos bem-sucedidos, idem.

Essa é a primeira e mais importante lição para qualquer pessoa que almeja ser dono do próprio nariz. O resto vem depois.

Vender é melhorar a vida de alguém e ganhar dinheiro por isso.

Vender é criar valor.

Conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Leia mais

Assine o LabFazedores

Seja um membro da nossa comunidade